Gerenciador de Artigos Artigos

Terrorista do Boko Haram aceita Jesus após escutar a mensagem do Evangelho através do rádio

0 Comentários
478
13 Mar 2015

A mensagem veiculada por uma rádio cristã na Nigéria levou um terrorista militante do Boko Haram a se converter ao Evangelho e abandonar a jihad.

A notícia se espalhou pelo mundo porque o extremista muçulmano sentiu-se desafiado pela mensagem que tinha acabado de ouvir e resolveu ligar para a emissora The Tide Global e acabou se convertendo.

A rádio, que faz parte de um ministério cristão internacional, começou a ter sua programação transmitida na Nigéria em 2009, e fala com cerca de 2 milhões de nigerianos, segundo informações do Charisma News.

“Já vimos o poder de Deus trazendo não só paz e transformação, mas também resgatando aqueles que eram combatentes, uma vez que tinham compromisso com a jihad”, disse Don Shenk, diretor da Tide.

O diretor do ministério acrescentou que a motivação que mantém a emissora no ar vem de testemunhos como esse: “Assim como Boko Haram está tentando manter as pessoas em um cativeiro através do terror, os próprios terroristas se tornam escravos de um sistema de crenças que exige que eles matem e aterrorizem. Apenas a mensagem do Evangelho tem o poder de resgatar os terroristas”, observou Shenk.

“Tragicamente, o terrorismo é uma realidade dos nigerianos hoje”, constatou Don Shenk, antes de observar que “mesmo com a violência causada pelo Boko Haram, demolindo vilas e perturbando as eleições nacionais, o grupo terrorista não tem poder de abalar a paz que o Evangelho de Jesus Cristo traz ao coração”.

Os testemunhos de conversão de terroristas/extremistas islâmicos após terem contato com a mensagem do Evangelho se multiplicam dia após dia. No caso mais recente, um militante do Estado Islâmico que estava à beira da morte após atacar cristãos na Síria foi socorrido por suas vítimas e quando recuperou a consciência, aceitou a Jesus.

0.0
Última modificação: sexta 13 março 2015 16:48
jesus boko haram terristas aceitam

Nenhum comentário ainda...

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.